Ateliê do Saber | Professora particular Aula de reforço método de aprendizado avançado

Ateliê do Saber | Professora particular Aula de reforço aprendizado avançado

Ateliê do Saber | Professora particular Aula de reforço aprendizado avançado

Ateliê do Saber | Professora particular Aula de reforço aprendizado avançado

Ateliê do Saber | Professora particular Aula de reforço aprendizado avançado

Ateliê do Saber | Professora particular Aula de reforço aprendizado avançado
Ateliê do Saber | Professora particular Aula de reforço aprendizado avançado

Ateliê do Saber | Professora particular Aula de reforço aprendizado avançado

Ateliê do Saber

Ateliê do Saber | Professora particular Aula de reforço aprendizado avançado

Educar para fazer a diferença: a importância do reforço escolar

Independente de sua dedicação, estrutura e demais fatores, crianças e adolescentes sempre terão dificuldades em algumas matérias. Muitas vezes, apenas o que é abordado nas aulas regulares não é suficiente para um aprendizado orgânico, levando a necessidade do reforço escolar, método que pode ser extremamente eficiente em muitos casos, mas ainda é subestimado. Sanar as principais dúvidas a respeito de uma matéria ou conteúdo em que o aluno não consegue entender é o principal objetivo da aula de reforço, que exige também um ótimo preparo dos educadores, afinal, a metodologia precisa ser instigante, interativa e divertida.

Por que o reforço escolar é essencial?

Para muitas crianças e adolescentes, falar em aulas de reforço pode parecer um terror. Só de pensar em ter que passar mais tempo em sala tendo que aprender determinado conteúdo parece pouco interessante, sobretudo de uma matéria que não gosta muito. Esse pensamento, porém, precisa ser mudado para que os objetivos desse método sejam realmente alcançados.

Por isso, a meta preliminar de todo gestor escolar, professor e pai que quer ver o filho/aluno com o desenvolvimento aprimorado e com boas notas é acabar com a crença de que o reforço escolar é chato, cansativo e maçante. Nesse caso, as metodologias e as abordagens precisam ser alteradas para não caírem na monotonia e levarem à baixa aceitação.

Mas, na prática, o que seria esse tal de reforço escolar? Bom, na essência e de acordo com propostas do Ministério da Educação, trata-se de um tempo de aula além do ensino regular. Pode ocorrer em determinados dias da semana e em horários variados, geralmente por uma hora, ministrando uma disciplina que ainda gera muitas dúvidas e os alunos têm mais dificuldade, como a matemática, por exemplo. Em muitos casos, apenas as aulas tradicionais não são suficientes, logo, é necessário um reforço direcionando, sanando questões específicas e problemáticas convencionais.

Vale deixar claro que a defasagem na assimilação do conteúdo, como é tratada por muitos especialistas, é o que mais contribui para a necessidade das aulas particulares e adaptadas fora da metologia convencional. As pessoas são diferentes, vêm de ambientes distintos e não têm as mesmas oportunidades, logo, é natural que um indivíduo passe por dificuldades em determinada matéria que é facilmente dominada por outro. Isso é comum para jovens das mais diversas condições.

Sendo assim, o papel do professor –  é saber identificar esses impedimentos e ajudar os alunos nessa situação a incrementar seu conhecimento na hora do reforço, tendo contato com um ambiente mais livre e interessante para que se sintam à vontade em aprender, e não pressionados. Um educador de excelência precisa, antes de tudo, entender que o aluno precisa ser instigado sempre, contando com metodologias que realmente prendam sua atenção. Não à toa que a proposta de muitas aulas de reforço é a formação de grupos específicos em que todos têm praticamente as mesmas questões e dúvidas.

Aprender matemática, por exemplo, é a meta de muitos jovens que, desde a educação infantil, não conseguem compreender as complicações de tantas fórmulas. Logo, uma sala específica para aplicação dessa matéria pode ser muito proveitosa, já que todos têm a necessidade de entendê-la para se dar bem nas provas, trabalhos e similares. É baseado nisso que muitas escolas segmentam a aula de reforço para que seja mais estimulante.

Mas, por outro lado, de nada adianta se o educador não está preparado para lidar com uma sala que está cheia de dúvidas para serem esclarecidas. É por isso que o reforço escolar é um desafio para muitos professores, logo, se preparar é uma opção primordial.

Você confia na sua Memória? Tem certeza?